quinta-feira, 6 de março de 2014

GAROTO BOMBA


Imagem encontrada no google

 Descobriu-se homem através dos olhares vorazes dos mais velhos e percebeu que poderia ganhar vantagem por causa disso. Não era “prostituto profissional”, mas saia com senhoras e senhores ocasionalmente.

 Um dia, quando estava com um admirador de sua beleza viril, ganhou dele uma blusa e o jovem viu que não era de grife. Emergiu sentimentos conflitantes como desejo, repulsa, vergonha, culpa, perversão, ira e os quais foram um combustível para detonar uma bomba. 


Minutos depois, quando deu por si, sentiu suas mãos no pescoço do outro, que estava inerte e frio. Saiu do lugar rapidamente e foi viajar com os amigos e a namorada para uma cidade litorânea passar o carnaval.

Transformou seu crime em um sonho ruim que, às vezes, o atormentava no feriado.

Postar um comentário