domingo, 3 de fevereiro de 2013

O OUTRO

Um conto que se originou de um sonho...







Vejo-a me observar e vou ao seu encontro. Saíamos da festa e passamos a noite juntos. Quando amanhece,  encontro um bilhete na cama: “Pensei que fosse ele, mas não é. Agora, preciso seguir minha vida em paz.”

De repente, invadiram-me recordações que não eram minhas...  Era outro indivíduo que vivia num lugar distante e que tinha uma noiva.  

Sempre desconfiei que houvesse um sósia meu por aí. Alguns anos atrás, senti sua morte.

Postar um comentário