domingo, 24 de fevereiro de 2013

MAMÃE





Nadava horas na piscina, desconectava-se do mundo. Quando ouvia meu chamado, ela parava e vinha sempre com uma concha.  Não entedia como ela trazia a lembrança, já que não mergulhava no mar.  Anos depois, já muito idosa, pediu-me para coloca-la na piscina e nadou até desaparecer.

Postar um comentário