segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

SEM MEDO



Imagem encontrada no google

Sempre se sentiu um péssimo ator, nunca conseguiu decorar o texto e vivia tropeçando no palco.  Um dia, fugiu.

Quando saiu do teatro, ficou maravilhado com a imensidão. Fechou os olhos rumo ao desconhecido.

Muitos o chamaram de louco.

Postar um comentário