sábado, 14 de julho de 2012




- Seu armário está uma bagunça!

- Não sou eu, é o Ted.

- Quem é esse?

- Meu amigo invisível.

- Aprenda a assumir suas responsabilidades, QUERIDO. Coitado do seu amigo invisível vai levar a culpa de tudo que você faz. Ninguém merece isso, nem as pessoas invisíveis.

- Ele  diz que não se importa por eu ser a razão dele existir.




Quando a mãe vai embora, sente um beliscão na bunda. Olha para trás e vê o filho aos berros dentro do armário: “ NUNCA MAIS FAÇA ISSO COM MINHA MÃE, PERVERTIDO.”

Postar um comentário