terça-feira, 17 de maio de 2011




JORRO

As nuvens atravessavam a lua como se fossem ondas espumantes e o vento frio balançava as árvores. A cena o fez recordar lembranças que jaziam nas profundezas da memória.

Um menino de casaco vermelho andava pela floresta gelada. Guiava-se pelos gritos que vinham das entranhas da mata. Encontrou o que procurava: ao redor de uma enorme fogueira, mulheres nuas e mascaradas dançavam. Sentiu, pela primeira vez, o prazer jorrar pelo corpo...



- Que cara de bobão é essa?! Vamos embora.
Ficou sem graça e entrou no carro. Colocou disfarçadamente a bolsa no colo, para que não percebessem o volume da calça.
Postar um comentário