domingo, 24 de maio de 2015

MADRUGADA DE SEGUNDA

Imagem encontrada no google


Um som ao longe denuncia a resistência dos que odeiam a segunda-feira. Motos barulhentas cortam as ruas na maior velocidade. Cachorro late. Roncos do quarto ao lado ecoando pelo corredor. Uma parte de mim quer dormir e a outra continuar a navegar na internet. Passos na rua deserta, imaginação à flor da pele. Quem será? Vou à janela e não vejo nada.  

Talvez o solitário que caminha pela madrugada de segunda seja eu... 

Postar um comentário