domingo, 20 de julho de 2014

Remexendo no passado até feder



- Mãe, por que em 1978, você me teve em outra maternidade, enquanto os meus irmãos no mesmo hospital? Sinto-me excluído.
***
- Pai, em 1982, você me de um tapinha na bunda e me chamou de pentelho? Fiquei arrasado!!! Até hoje me dá vontade de chorar.
***
- Oi, Candace, sabe quando estávamos no maternal (Ops!! Erro de cálculos... Jardim) em 1983 e você me empurrou para dar um beijo na professora? Pois é, você me sabotou, Candance. Por que fez isso, Candance? Era eu que deveria beijar a professora, primeiro, Candance.
***
- Jurandir, sabe aquela vez na primeira séria em 1987( Ops!! Erro de cálculos... Na verdade segunda série primária.), você me deu um soco na barriga? Doeu muito, a minha vontade é revidar neste momento. Mas, apesar de tudo, considero você como amigo.
***
- Flávio porque você roubou minha primeira paquera em 1995, foi traíra cara. Eu gostava daquela mina. Você a roubou de mim e depois a largou. Fiquei muito triste.
***
- Laura, sabe aquele verão de 2004 em que convidou todo mundo para sua casa de praia e não me chamou.  Por que fez isso comigo?  Sempre fui um amigo fiel?
***
- Cláudio, sabe quando bebeu no inverno de 2012 e me disse que eu rancoroso. Não entendi o motivo, falou de uma maneira tão acusadora...
***
- Olá, Roberto. Bem, não me conhece nesta vida, mas em uma vida passada. Por que me envenenou em outra época por volta de 1713? Só por que era um rei e você um servo invejoso? Tudo bem que nessa vida, você pode ser bom, porém, me sacaneou na minha vida passada. Acha isso justo?


Postar um comentário