sábado, 2 de abril de 2011





SACRIFÍCIO

Triste por causa da aridez de sua terra desejou que seus sonhos e fantasias se transformassem em um rio. De repente, uma vereda de água começou a cortar o solo seco, fertilizando-o. Árvores e flores brotaram e animais começaram a colorir o ambiente. Os refugiados do clima retornaram felizes ao verem a terra materna ressuscitar. Na cabana coberta pela vegetação um corpo ressequido descansa na cadeira de balanço.













Postar um comentário