domingo, 27 de agosto de 2017

Realidades




"Estou estranha de novo, preciso fechar bem as portas. Quero ser uma boa esposa e mãe. Mas, minha carne treme e surgem certos pensamentos. Não posso trair minha família, chega de encontros casuais. Lauro me disse que daria mais uma chance, não posso decepcioná-lo . Espera, quem é aquele rapaz de bicicleta em frente da minha casa? Olha fixamente para mim. É tão forte... Farei cara de brava, quem ele pensa que é? Amo minha família, posto isso no face várias vezes. Vou verificar as portas... Estão bem trancadas, mas, os pensamentos fluem. Vou tomar um banho bem frio e fazer um chá de camomila... Ainda bem que ele foi embora."




" Pô, que pipa massa no telhado desta casa. Mas, a tia da janela tá me olhando de cara feia. Nem vou pedir para me deixar subir, ela tem cara de quisumbeira. Mensagem no telefone, é minha mãe. Que chata, eu sei do horário da minha escola. Caralho, já tenho 19 anos... Outra pipa caindo na árvore, fui!"
Postar um comentário