domingo, 2 de maio de 2010

Crédito das fotos: http://baccaro.files.wordpress.com/2009/10/pirataria.jpg



REVOLTOU-SE


quando viu suas lembranças íntimas expostas numa barraca.
  Fora mais uma vítima do crime "furtos de memória". Com um novo aparelho subtrairam de sua mente as recordações mais significativas.
Postar um comentário