sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Crédito da foto: http://jornale.com.br/angel/wp-content/uploads/2008/01/tokyo-shibuya.jpg


"ESTOU AQUI"

De repente, esta frase era gritada no meio da rua; mas ninguém via sua dona. Na realidade, era um grito vivo que desejava comunicar sua existência para os outros. Contudo, como ele estava numa cidade dominado completamente pelo Império da Visão, era ouvido e descartado em seguida; pois, na cidade havia uma enxurrada de imagens espalhadas nos prédios e nas vitrines das lojas.

Postar um comentário