domingo, 20 de novembro de 2016

Vomitando arco-íris


Um dia aconteceu, assustando a mim e a todos. Fui a vários especialistas e ninguém entendia os motivos de eu vomitar arco-íris.
Sempre fui um homem sério e nunca fiz nada de errado. Não merecia passar por esta experiência tão insólita. E o pior era ouvir explicações psicológicas. Não, não me escondia em nenhum armário e nem era reprimido. Por que as pessoas sempre querem interpretar tudo que acontece? Por que não se ater ao fato de que inexplicavelmente eu vomitava arco-íris?
Fui perseguido e caçado por todos os cantos. Intitulavam-me O HOMEM QUE VOMITAVA ARCO-ÍRIS. Nunca entendi tanto ódio gratuito e tanta curiosidade mórbida.
Ainda bem que um tio me emprestou um chalé afastado da cidade e pude descansar.
Um dia, fui procurar o significado do arco-íris na internet e encontrei a interpretação bíblica, Gênesis 9:8-15:
"E Deus falou para Noé e seus filhos com ele, dizendo: "...Este será o sinal da aliança que estou fazendo entre mim e vós e todo ser vivente que está convosco, por todas as gerações."Meu arco-íris pus na nuvem ... Quando o arco-íris puder ser visto nas nuvens, vou lembrar de minha aliança ... Nunca mais as águas se tornarão em dilúvio para destruir toda carne. ""
Então, percebi como estava voltado só em mim. Comecei observar ao redor e me conectei novamente com Deus. Não precisava seguir ninguém ou uma religião. Agradeci por ter me dado a vida e de estar em contato com a natureza.
Parei de vomitar arco-íris de repente e, agora, sigo minha vida simplesmente e não julgo mais ninguém. Antigamente, adorava ser o dono da razão.
Não sou mais assim, pois descobri que toda forma de amor é melhor ao ódio dos ignorantes e dos mal resolvidos.





Postar um comentário