terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Amores, cuidados e posses( alguns minis incluídos)





Sempre quer publicar primeiro nas redes sociais dele, para, principalmente, marcar território.  Mesmo, que não estivessem mais juntos há bastante tempo.

***

Corta as asas do passarinho para não fugir.
***

Quando o namorado começou a dar muita atenção para o cachorro, "sem querer", deixou o portão aberto e ninguém mais viu o cão.
***


Vê toda hora o relógio. Está apreensiva com a chegada do filho, que foi sozinho à escola pela primeira vez.
***

Percebe que um cara olha para sua namorada. Ele a abraça e lhe dá um beijo, que a deixa surpreendida, pois fazia tempo que não praticava este gesto.
***

O outro, quando vê o objeto de seu amor dormir, entregue aos seus braços, pensa que poderia ficar assim eternamente.

***

A criança quer tanto proteger o pintinho, que nem percebe que o bichinho está amassadinho e sem vida nas suas pequeninas mãos. 



domingo, 26 de fevereiro de 2017

Subestimar é perigoso...


Desconfiava dos sedutores e belos, tinha medo de ser manipulado pela lábia deles. Só se envolvia com os feios e os pobres coitados. 
Achava que assim, estaria por cima e nunca seria enganado. 
Entretanto, teve uma surpresa. A esposa desprovida de beleza o roubou, com ajuda de melhor amigo dele, que antes era seu capacho.

Concluiu que não são somente os indivíduos sedutores e lindos que precisava ter cuidado, mas, inclusive, os "inferiores" ou  os "sem atrativos".

sábado, 25 de fevereiro de 2017

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

" Viu papai, mamãe sempre esteve aqui."

Cena do filme a árvore da vida


Papai me dizia que mamãe tinha ido embora. Mas, eu sentia sua presença e seus carinhos. Um dia, encontraram os ossos de mamãe enterrados no quintal.

Até hoje, procuram pelo papai.


Enquanto isso, eu e o espírito de mamãe ficamos assistindo a tevê, a sua espera, para ser uma família unida novamente.


Tia Cassandra






Espera ansiosamente o carnaval. 
É a época que pode tirar a máscara e ser ela mesma.


segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Caminhante





Olhou para poça e viu a lua refletida. Lembrou-se de um haicai :“na poça da rua o vira-lata lambe a lua”* .

Quis beijá-la, mas veio a repulsa.

Pisou na poça desfazendo a imagem da lua. Não queria aceitar, mas mesmo sentindo nojo, invejava o vira-lata.


*Millôr Fernandes

Reverso


Madrugada de segunda chegando...

 

video


Finalzinho de domingo se esvaindo. O tempo é foda, sempre mostra que o mundo gira. O sono tenta se manifestar, mas, a luz do celular o inibiu. Outro dia, ouvi uma médica dizer que para estimular o hormônio do sono a melatonina é necessária ter o quarto bem escuro. Ai, que mora o problema, tantas informações e estímulos que se deseja ficar conectado vinte quatro horas. Como as pessoas de antigamente conseguiam viver sem Internet? Como eu suportava há vinte anos! Chega! Preciso dormir! Amanhã é dia de labuta. Desconectando a força! Que Morfeus me ajude a dormir e a ter sonhos bem agradáveis.