segunda-feira, 30 de junho de 2014

Desde menino...

Imagem tirada no  celular

A hora do encontro é também despedida a plataforma desta estação, é a vida."
Milton Nascimento e Fernando Brant

Via uma casa antiga cada vez mais exprimida pelos prédios. De relance, observava uma menina vestida de bailarina pela janela. O tempo passou e mesmo adulto sempre a via. Um dia, saltei o ônibus e fiquei a espiar a casa.

Não sei o que me levou a isso, mas coloquei a mão no portão e estava aberta. Entrei sem pensar, sentia algo me convidava. Subi a escada e entrei no recinto, onde tocava uma bela música. A menina estava lá e me disse:

- Que bom que veio para minha última apresentação. Esperei alguém chegar há tanto tempo.

Sentei no chão e a assisti dançar. Parecia que flutuava. Depois, ela me agradeceu e saiu do aposento. Fui embora e nunca mais a encontrei.

Constantemente passo pela casa antiga, mas, agora só percebo o vazio.



domingo, 29 de junho de 2014

NO SOFÁ COM DUDU OLIVA II( OUTRO CONTO ANTIGO)

Imagem encontrada no google


– Boa noite!! Telespectadores de todo o Brasil. Sempre é bom estar com vocês todas às sextas feiras. Queridos, sabem que sou a favor da bondade, do amor e da felicidade. Não adianta a pessoa almejar só ter, mas o ser é importante. Precisamos ser menos materialistas. Entrevistarei a Brenda, ex-garota de programa e agora escritora. Lançou um livro de contos e poemas eróticos, que está sendo O MAIOR SUCESSO! Está esgotado em todas as livrarias. Bem... Você fez uma revelação que chocou todo o Brasil. Disse que é a única ex-garota de programa virgem do planeta, como assim?

– Antes gostaria de parabenizar o público lindo deste programa, agradecer ao cabeleireiro Vivi que cuida do meu cabelo e o pessoal da academia Músculo X por me ajudar a manter o meu corpo. Dudu, é verdade SIM!!! Sou virgem. Tenho um atestado do ginecologista, se quiser, faço outro.

– Eu acredito em você, mas é um fato raríssimo! Como conseguiu?

– Eu fazia quase tudo... mas não deixava a penetração vaginal.

– Mas os clientes não insistiam?

– Teve uns engraçadinhos que tentavam me agarrar, mas os imobilizava. Treino Jiu-Jitsu.

– Menina braba!! Cuidado, pessoal. Você teve uma vida agitada, como conseguiu escrever este livro: CONTOS E POESIAS ERÓTICAS DE UMA EX-GAROTA DE PROGAMA E VIRGEM.

– Sempre tive muita facilidade em escrever. Sempre tirei nota 10 em redação, já nas outras matérias, abafa o caso... Também, sempre gostei de ler. Li Crime e Castigo de Dostoivéski aos 13 anos.

– Então você é letrada? Que beleza. Por que quis ser garota de programa?

– Além do dinheiro, queria me encontrar. Digamos que fazer programa, para mim, foi uma viagem transcendental para encontrar a mim mesma.

– Interessante... Quem somos nós pra julgar alguém. Tem namorado?

– Sim.

– E como ele encara você como ex-garota de programa e virgem?

– Ele é muito especial  e concordou que só casando, vamos consumar nosso amor.

– Bacana, ele é compreensivo. Quais são seus outros projetos?

– Quero escrever um romance e estou roteirizando um conto meu, para virar um filme.

– Menina talentosa, estou muito contente por ter vindo.

– Dudu, confesso que fiquei com medo de você. Disseram que você era brabo!!

– Querida, só sou bravo com pessoas que se acham por cima da carne seca. Como um tal que se acha ator, modelo, escritor, artista plástico, psicólogo, cineasta, mestre em ioga, apresentador de televisão... Sou uma pessoa simples. Gosto de colocar os meus pés na areia da praia. Sou gente com a gente.

– Sei disso. Sou sua fã.

– Vou devorar o seu livro. Vá com Deus e tenha muito sucesso. Quem sabe terá uma vaga na ABL...



NO SOFÁ COM DUDU OLIVA( conto antigo)

Imagem encontrada no google


– Boa noite!! Telespectadores de todo o Brasil. Sempre é bom estar com vocês todas às sextas feiras. Queridos, sabem que sou a favor da bondade, do amor e da felicidade. Não adianta a pessoa almejar só ter, mas o ser é importante. Precisamos  ser menos materialistas. Bem... o entrevistado de hoje é Eduardo Oliveira Freire. Ele é ator, modelo, escritor, artista plástico, psicólogo, cineasta, mestre em ioga, apresentador de televisão... é tanta coisa que vou logo para entrevista, se não, o programa acaba e ainda não falei a metade da lista de sua formação... Eduardo participou de um seriado americano de muito sucesso, é verdade que o diretor cortou a maioria das suas cenas, porque transou com a mulher dele?

– Boa noite Dudu e a todos os telespectadores que assistem a este programa. Fico muito grato, por estar aqui e falar sobre o meu novo filme e o novo livro que escrevi. Querido Dudu, essa fofoca é mentirosa, nunca saí com a mulher de diretor nenhum. Isso foi uma mentira deslavada.  Agora, me deixa falar do filme e do livro...

– Espera, a gente irá falar deles depois. Agora, todos querem saber se a sua ex-namorada atriz francesa Sofia lhe traiu realmente com o seu terapeuta de Paris?
– Isso aí é fantasia de gente desocupada! O meu novo filme que irei atuar, escrevi o roteiro também e quem vai dirigi-lo é o diretor famoso americano...

– Deixa este assunto para o próximo bloco...  Quando fez uma ponta numa novela mexicana, a imprensa local e a brasileira disseram que você teve um romance “cliente” e de poucos dias com a atriz mexicana Lucrécia Calderón e quando você foi embora, ela cortou os pulsos?

– Primeiro, nós ficamos amigos e sempre nos correspondemos e nos encontramos. Segundo, ela não tentou suicídio. Ela estava com duas taças de cristal, iria entregar uma para um amigo, tropeçou no tapete persa e cortou os pulsos sem querer... Mudando de assunto, o meu novo livro é um romance que transita pelo suspense ao surrealismo...

– NÃO VAMOS FALAR DO LIVRO AGORA! É verdade que pegou gonorreia?

– Nunca peguei doença venérea. Mas que perguntas ridículas. Quero divulgar o meu trabalho, CARA!

– Querido, mas eu e o publico do meu programa estamos pouco interessados no seu trabalho. Aliás, lhe acho um péssimo escritor, ator, cineasta, apresentador de televisão, artista plástico, psicólogo, mestre em ioga... Queremos saber com quem está saindo e quais as confusões que você se meteu, porque não foram poucas...  E o pé na bunda que levou, da ex-apresentadora infantil e agora cantora gospel Marinalda Xaxá de Nosso Senhor.

– Ainda esta história. Eu e a Marinalda Xaxá éramos adolescentes quando ficamos. Ninguém deu pé na bunda em ninguém. Isso aí é fofoca requentada!! Como a tevê brasileira está podre e pobre de espírito!!

– Mas é graça a ela que você está em evidência, querido. Se não queria ser assediado, porque não foi ser caixa de supermercado em Jacarepaguá?

– Você é uma criatura baixa. Quero ser valorizado pelo meu trabalho, você é o excremento da televisão brasileira.

– Não fale assim comigo, está no meu programa!! Aonde vai?!Estamos ao vivo...
– Enfia seu programa no olho do cu, filho da puta!! 

– Vem cá... Ai!!! Ele me deu um soco, produção!! Produção!! Viram minha gente, ele me agrediu!! Eu não vou dar queixa, porque sou uma pessoa muito boa e espiritualizada... Espera!!! É verdade que fez lipoaspiração no abdômen?

– Eu nunca precisei fazer estas coisas, idiota. Faço bastante exercício e não como doce. Agora, recomendo você fazer mais exercício e digerir alimentos saudáveis. Vai se sentir muito melhor e terá menos inveja das pessoas produtivas, como eu, parando de fazer fofocas e intrigas.

O entrevistado foi embora do estúdio sem dizer mais uma palavra. A briga entre o apresentador Dudu Oliva e o ator, modelo, escritor, artista plástico, psicólogo, cineasta, mestre em ioga, apresentador de televisão Eduardo Oliveira Freire foi tema principal na mídia e entre as pessoas. – Será que não era tudo combinação, para que os dois tenham mais fama?–. 

Só o tempo poderá responder esta pergunta...



quarta-feira, 25 de junho de 2014

A FESTA


Imagem encontrada no google


"Há ilusões que se parecem com a luz do dia; quando acabam, tudo com elas desapareceu."Autor - Duras , Marguerite




De repente, tudo ficou sem sentido. Estava numa festa em que os convidados começaram a falar uma língua estranha, a qual não compreendia. Olhavam-no como um bicho exótico e ele se incomodou. Almejou tanto ir àquela festa, mas o desejo se desmanchou feito água no ralo. Sentiu-se sem forças.  

Foi embora até ao ponto de ônibus. Lá havia um senhor uma carrocinha de cachorro quente. Ele abordou o rapaz:

- Está com fome?
- Sim.
- Preparo um do jeito que você gosta.
- Valeu. Estou estranhamento cansado.
- A festa não estava boa?
- Sei lá, parecia que estava em outro planeta. Senti falta de ar.
- Maltrataram você?
- Não.
- Ficaram o observando como se fosse um animal exótico?
- Sim...  Tudo ficou tão sem sentido.
- Sei como se sentiu.  Aconteceu comigo e seu avô me esperou neste mesmo ponto de ônibus e nesta mesma carroça. Além do mais, o mesmo céu estrelado.
- Pois é, o céu está lindo mesmo. Não quero vender cachorro quente...
- Não precisa, siga seus próprios caminhos. Mas, cuidado com essas pessoas que frequentam essa festa. São criaturas ilusórias que empurram a gente para o abismo. 
- Quando chegar em casa, dormirei cem anos.


Pai e filho foram embora tranquilos, o sol nascia. A festa continuou a todo vapor. 

terça-feira, 24 de junho de 2014

domingo, 22 de junho de 2014

Meio


Imagem tirada pelo celular

...Quando tento me lembrar do passado, vêm reticências e quando olho para frente, dou de cara com as mesmas. Não esquentarei a cabeça, neste meio tempo, viverei outras aventuras com começos e fins. Quem sabe, algum dia, irei me lembrar de minhas antigas recordações e encontrarei meu futuro definitivo. Enquanto isso, pé na estrada com minha única companheira, a poeira...

sexta-feira, 20 de junho de 2014

A INTRUSA


Magritte

Eduardo Genuíno José tinha fixação por nuvens, sempre tirava foto delas. Mas, ele também era alvo de uma obsessão. Certa nuvem sempre entrava em seu quarto e o observava atentamente. O cachorro, quando ameaçava latir para a intrusa, era atingido no focinho por um raio de baixa voltagem.

BEIJO PARTIDO( outra versão de um microconto antigo)




“Os Amantes”, de René Magritte


Mesmo separados pelo machado do algoz, tinham a sensação de ainda permanecer unidos.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

EM FUGA

Foto
Foto tirada pelo celular

As árvores ressequidas que encontro pela estrada querem me contar algo, mas esvazio a mente para não ouvir. Sinto que já sei o que é.

PERDOO OU NÃO PERDOO?

Bem gente é o  seguinte...Minha noiva estava na cama com outro e me disse é inocente. Pois o espírito maléfico de uma vampira-zumbi-lobisomem possuiu seu corpo. O outro que estava na cama, disse que não transava com minha noiva, mas com o tal espírito malévolo e ele era um vampiro normal, apaixonado pela vampira-zumbi-lobisomem. Ainda disse que minha noiva era reencarnação dela. Não gostei muito da história, mas minha namorada toda hora me liga e não sei o que faço. Não suporto traição. Então resolvi fazer um vlog para saber a opinião de vocês, perdoo ou não?

***



segunda-feira, 9 de junho de 2014

Através da janela:

Foto do meu arquivo pessoal


- Pai, aquele cara lá embaixo parece um ponto bem pequeno. Se a gente estivesse no lugar dele, seriamos pontinhos também.


O homem ficou admirado com o pensamento do filho. Percebia-se com tantos problemas, que se sentia  gigante cansado.

terça-feira, 3 de junho de 2014

"Novelas"


Imagem encontrada no google

O telefone toca, o desconhecido do outro lado da linha chama. Quando a jovem vai atender sobressaltada, já cheguei ao meu ponto e salto do ônibus sem saber o que passará no capítulo de manhã. Bem feito, para mim, quem manda ficar de butuca na vida alheia e anônima? Só vejo "novelas" incompletas.