domingo, 30 de junho de 2013

Fome



Quero devorar a vida, mas é ela quem me devora com sua bocarra.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

O INTRUSO






Chego. Ele está na casa e finjo que não vejo. Olha-me fixamente e assisto tevê como se nada estivesse acontecendo. Continua a me olhar. O telefone toca, é um amigo. Digo que o “intruso” está na casa. Ele diz que preciso tomar uma decisão. Não consigo e coloco o telefone no gancho. Mesmo assistindo horas a tevê, continuo a ser observado. Desisto! Vou deixá-lo entrar na minha vida. Vou à cozinha e jogo um pedaço de queijo. O rato aparece e pega o naco rapidamente.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Acordo. Tomo banho. Saio de casa.

 
Imagem encontrada no google


Caminho pela rua vazia, ainda está escuro. Encontro um cara que parece ser louco, ele me olha apavorado e foge. Chego ao ponto de ônibus para ir ao trabalho.

Hora de ir embora, saio do trabalho e pego a condução cheia. Faço o mesmo trajeto. Chego a minha casa, tomo banho e visto o pijama. Ligo o computador para checar e-mails e as mensagens das minhas redes sociais.  Dez horas, desligo o computador.


De repente, penso no cara doido que fugiu, quando me viu. Será que ele viu algo em mim? Deixo de bobeira, vou dormir.

domingo, 23 de junho de 2013

MÃE, NÃO CONSIGO

Imagem encontrada no google

- FILHO, por que seu armário tem esse fedor? Parece que tem defunto.

- Mãe, é que mato meus amigos imaginários e os coloco no armário.

- Por que faz isso, filho?

- Você não me disse que tenho que me livrar deles?

- Mas, por que não os enterra num terreno baldio ou joga no rio?

- Não consigo, então, coloco-os no armário.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

POXA VIDA!!

Imagem encontrada no google

- Sempre guardei a foto de minha avó querida. Quando estava triste, tirava-a da carteira e uma sensação de paz me aliviava. Sentia que a vovó estava comigo a todo tempo, cuidando de mim. Um dia, esqueci minha carteira no sofá e minha sobrinha pentelha foi bisbilhotar. Aí, aconteceu a confusão: Todos me xingaram e não entedia direito o que acontecia. Acusaram-me de ter matado a vovó, que tinha desaparecido há anos. Fui preso e estou aqui, sozinho. A foto da vovó não está mais comigo e ela estava tão linda sem cabeça.


quarta-feira, 19 de junho de 2013

Ele


Imagem encontrada no google

Acorda transbordando amor e sai de casa radiante. Ninguém o percebe. De repente, um tiro atinge sua cabeça e ele cai morto no chão. As pessoas começam a enxergá-lo e até lhe acendem uma vela. Mas, ninguém testemunhou o amor que ele sentiu.


domingo, 16 de junho de 2013

- ROSA BRANCA


Imagem encontrada no google


- Sim...

- Apesar de tudo, como consegue aparentar estar tão viva?

- É que há algo dentro de mim que ninguém pode tocar, podem me violentar de todos os jeitos, mas nunca o pegarão.

- Mas, eu posso ver que você diz que é só seu.

- É porque quero mostrar a você.

- Então, ainda tem capacidade de ter esperança. Não sei se consigo.

- Se não tentar, será um fraco.

- Rosa, você é forte.



O menino ouve uma explosão e retorna ao esconderijo, deixando a única flor do jardim devastado. 

terça-feira, 11 de junho de 2013

Em noites frias e escuras...

Zombies
Crédito da foto: http://pinterest.com/pin/350436414725304176/

 A morta-viva cantava uma bela canção, que atraía os vivos e eram atacados por um bando de zumbis. Ela não percebia nada, estava longe em seu mundo vivendo a liberdade plena.

***
Conto ao som...





segunda-feira, 10 de junho de 2013

ESSÊNCIA VERDADEIRA


Ficheiro:1877 Charles Mengin - Sappho.jpg

1877 Charles Mengin - Sappho.jpg


- Doutora... Já estou muito tempo fazendo essas sessões, mas há um segredo que nunca revelei a ninguém. É que nunca gostei do meu corpo... Não gosto de ser homem, mas não me sinto " bicha". Em sonhos, transporto-me para uma ilha. Eu era uma jovem delicada e havia uma mulher que sempre estava comigo. Era bela e uma sensível poetisa. Ficávamos juntas no imenso mar recitando poesias, nadando e se tocando.  Ela era minha mestra-mãe-irmã-amiga-amante. Será que ela é só fruto da minha imaginação?  Por que estamos separadas? Doutora! O que está fazendo... Dou...

***
Ela se levanta e vai ao divã, onde está Firmino e o beija. O homem se vê transformar na jovem através do espelho, que havia no consultório. Amaram-se e choraram de felicidade. A busca incessante havia terminado. 

domingo, 9 de junho de 2013

O PRETERIDO


Imagem encontrada no google

Triste por não ser amado se joga no mar. Dias depois, encontraram seu corpo numa praia. A mãe ao receber a notícia, pensou: “ Coitado, nem o mar o quis.”


sábado, 8 de junho de 2013

COINCIDÊNCIA

 

Casablanca (filme) 




Encontraram-se quando foram com amigos em comum ao cinema. Anos depois, separaram-se e ao verem na televisão o filme, o qual assistiram no dia que se conheceram, consideraram uma triste coincidência.

terça-feira, 4 de junho de 2013

EXISTIR




- Eu existo, tenho uma identidade.

- Não tenho nada disso, mas existo.

- Legalmente, você não é nada.

-  Como? Estou aqui! Estou falando contigo!

- Não interessa! Para mim, você não existe. Bem... só é uma lagartixa.

- Viu como existo e não preciso de nenhum documento?