quarta-feira, 22 de setembro de 2010

REPRISE-VALE A PNA VER DE NOVO





RELAÇÃO INESPERADA

I
Ela chega a casa. Vai direto ao quarto rosa, mas não encontra ninguém; só o cachorro deitado na cama. O rosto fica tenso, mas ao olhar para o bicho não consegue brigar.

II
Acorda ao ouvir uivos no quarto rosa. Os olhares da mulher e do cão se encontram, sofrem a mesma dor por perder alguém especial. O animal se aproxima, mas ela se afasta.

III
O animal não quer comer. Fica deitado no chão a olhar para a porta. Ela respira fundo, está com a coleira nas mãos. Vai devagar e consegue colocar a coleira no cão. Caminham um pouco.

IV
Estão se aproximando a cada dia. O cachorro faz festa para ela que devolve com um sorriso espontâneo.

V
O quarto rosa continua intacto. Fotos de viagens espalhadas por todo lugar e a cadeira de rodas. Os dois passam a maior parte do tempo ali, registrando cada detalhe. No dia seguinte, o quarto rosa não existirá mais.

VI
Ela e o cachorro sempre passeiam pelo bairro. Os vizinhos estranham, pois ela sempre demonstrou sentir medo de bichos. Ambos usam um pingente com as iniciais da dona do quarto rosa que agora está na companhia dos anjos.
Postar um comentário